Mice Online – Especialistas em Eventos

EnglishPortugueseSpanish

BLOG

Viagem após a pandemia coronavírus: Quando será seguro viajar de novo? 

Com toda essa pandemia, você sabe “Quando será seguro viajar de novo?”. A viagem após a pandemia coronavírus é esperada por todo mundo. O setor de Turismo foi um dos mais atingidos pela pandemia do coronavírus e infelizmente isso vai impactar as viagens dos próximos, ainda em 2020, 2021 e por mais alguns instantes. Muita gente teve que adiar ou mudar a data da sua viagem. Companhias aéreas sem voos programados, cruzeiros parados, hotéis obrigados a fechar e muita gente desempregada.

A verdade é que essa pandemia causou diversos problemas econômicos e sociais para todo mundo, principalmente para o setor de turismo. Por este motivo, muitas pessoas estão com as dúvidas de como vai ser daqui diante. 

A verdade é que o coronavírus deixou o mundo de ponta cabeça e mudou futuro do turismo, da economia, da saúde e a forma como vivemos. Como será o mundo após a pandemia? Haverá pontos positivos e negativos neste artigo, então vou tentar englobar vários fatores. Como a pandemia ainda está acontecendo, esse artigo será atualizado frequentemente. Você também pode assistir o vídeo sobre Viagem após a pandemia 

A resposta para “quando será seguro viajar?” não é simples, há inúmeros fatores a serem considerados e pretendo explorar os que achei mais interessantes a fim de te ajudar a tomar essa decisão de viajar, ou não, após a pandemia do coronavírus. 

Consequências da epidemia no Turismo

 

Estima-se que são mais de 75 milhões de desempregados do setor no mundo todo, ou seja, 1 milhão de empregos perdidos por dia, segundo o World Travel and Tourism Council. Muitas companhias quebraram como empresas aéreas, hotéis, agências de turismo porque não possuem recursos para se manter em pé todo esse tempo.

Para você ter ideia, os analistas RBC Capital Markets reduziram a lucratividade da Expedia, uma das maiores empresas no ramo de Turismo, e estimaram que sofreram uma perda de US $ 57 milhões. Em comparação, no mesmo trimestre de 2019, eles lucraram US $ 176 milhões. Nos próximos meses, a perda será ainda maior se os surtos continuarem.

Para tentar contornar o prejuízo, várias agências estão vendendo pacotes para o fim do ou ano ou para 2021 como forma de manter o fluxo do caixa, porém, para o cliente, é um risco. Os pacotes são tentadores com ofertas do Brasil para a Tailândia por menos de 2 mil reais. Mas, como não sabemos a extensão e nem a duração da pandemia, não há certeza se haverá voos ou se o hotel reservado e a empresa que vendeu os pacotes ainda existirão. Além disso, até os países de conexão desse voo poderão estar fechados. 

 

  

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Open chat
Olá! Em que posso ajudar?