Mice Online – Especialistas em Eventos

EnglishPortugueseSpanish

BLOG

ELENCO CASACOR 2021

A edição da CASACOR 2021 chega com um time de profissionais que se reinventaram ao longo desse último ano, e que chegam na mostra para apresentar o que há de novo e conceitual para o “novo normal”. Sob o tema a “Casa Original”, proposto pela CASACOR, Brunete Fraccaroli, uma das maiores participantes de CASACOR marca presença em mais uma edição, somando mais de 46 espaços entregues ao longo de sua carreira, o arquiteto Fernando Brandão – renomado por suas obras e prêmios internacionais, e novos jovens talentos como Matheus Lima e Sabrina Gnipper, que estreiam na mostra, assinam espaços que traduzem a elegância e a sofisticação com um mix de tendências e estilo para quem busca ter em casa o sinônimo de bem-estar. Destaque ainda para o fotógrafo Felipe Cerchiari, que exibe em alguns ambientes da Mostra alguns de seus trabalhos, como a sua nova obra “Entre Olhares”. Confira! Brunete Fraccaroli – “Simplesmente Dourado”: a arquiteta Brunete Fraccaroli inova mais uma vez, e leva o dourado para “novo normal” ressignificando com simplicidade e associando as ideias de sabedoria, compreensão e iluminação espiritual. Aliado à pureza do branco, o dourado é apresentado de forma leve e elegante, com um ‘q’ a mais de refinamento e exuberância nos 75m² do estúdio projetado com cozinha, living e suíte integrados, em uma tradução ao tema conceito da mostra “Casa Original”. Tocada pelas novas necessidades e desejos impostos pela pandemia, Brunete investiu em cores conceituais para repensar a essência, o modo de viver e se relacionar. Uma tradução de um momento de renascimento em um ambiente que transmite a sensação de abrigo, bem-estar e conexão com o ambiente. “O dourado, uma referência ao Sol, símbolo de salubridade e nesse cenário de pandemia é fundamental nos mantermos saudáveis e fortes. Como estamos muito mais tempo dentro de casa, quis trazer essa questão da luminosidade solar, e também fiz uma referência à “golden hour”, nome dado a primeira hora do nascimento, conceito escolhido para remeter à retomada das nossas atividades corriqueiras. Afinal, depois de mais em um ano reclusos em casa e com o avanço da vacinação, pode-se dizer que estamos sim, renascendo, ainda mais evidente ao se misturar ao branco, que representa a paz, pureza, frescor”, destaca a arquiteta. Todo projeto é emoldurado por uma estrutura em latão, um material versátil que foi transformado em uma verdadeira obra de arte. Com formas delicadas integra os ambientes do Studio. Ao chegar no espaço, o visitante se depara com o living, um ambiente composto por mobiliários e objetos decorativos brancos. Os sofás curvos acompanham o movimento do tapete e refletem no teto dourado, ao mesmo tempo em que a parede curva revestida com chapas douradas indica a circulação entre os ambientes. A cozinha também tem o branco como tom predominante nos armários, com um nicho na área de trabalho para integrar a área de lavatório do banheiro e setorizar os ambientes sem demarcações e rupturas. As obras na parede ao lado trazem a simplicidade de pinceladas em movimento que conduzem o olhar para as estantes com nichos espelhados, que refletem não só os objetos decorativos, mas, a luz que o dourado traz para o ambiente de modo impactante. A área de jantar é emoldurada por uma estrutura dourada delicada que integra uma bancada com armários. Destaque para os nichos que permitem levar o verde para dentro de casa. Na suíte a luz natural é valorizada pelo painel vazado que imprime as formas e contornos dos raios solares invadindo o ambiente simulando um novo amanhecer. A cama e mesas de cabeceira, assim como o painel vazado são todos brancos, o que juntamente com o dourado cria luminosidade e delicadeza, reinando com equilíbrio. O banheiro, dividido em dois boxes, valorizado pelo espelhado que reforça a amplitude do espaço. Fotos (crédito Renato Navarro): https://we.tl/t-vBzxoYurg3 Fernando Brandão – “Uma Janela para o amanhã”: Inspirado pela cor, ou o conjunto delas, tão bem representado pela Coral, seus impactos, tendências e referências, o arquiteto Fernando Brandão soltou sua criatividade e embarcou no propósito singular para o espaço da tinta oficial da CASACOR São Paulo na mostra, intitulado “Uma Janela para o amanhã”, abordando as infinitas possibilidades de ser e de estar na busca do acolhimento. O projeto gira em torno de uma paleta com 170 cores, em placas posicionadas de maneiras distintas, em uma área livre de 200m², com vista privilegiada para a Casa das Caldeiras. A 34ª edição da mostra inova mais uma vez e estreia em um novo espaço de eventos, o rooftop do Allianz Parque, o ‘Parque Mirante’, dentro do projeto Arena Viva, e será realizada de 21 de setembro a 15 de novembro de 2021. Sob o tema a “Casa Original”, proposto pela CASACOR, o arquiteto definiu abordar as intervenções das cores no comportamento da sociedade. “As coisas respiram e, quando respiram, podemos ouvir o coração. É assim que reaprendemos a ser mais insuportavelmente leves do que nunca, como o mundo que queremos”, reflete Fernando. Além de trazer todo esse olhar lúdico e imaginativo das cores, o espaço se propõe em oferecer conectividade, atrelada ao projeto luminotécnico, assinado pelo renomado arquiteto Guinter Parshalcki, e complementado com a leveza e suavidade do paisagismo que leva a assinatura da profissional Monica Costa. O grande triunfo do espaço são as cores que compõem as paletas do Colour Futures 2022 – o estudo de tendências de cores e comportamento da AkzoNobel, realizado há quase 20 anos -, como forma de expressão, contextualizando o tempo atual em uma linguagem que irá surpreender os visitantes da maior mostra do segmento de arquitetura, decoração, design e paisagismo da América Latina. Este é o sexto ano consecutivo que a Coral é parceira da CASACOR e a tinta oficial de todas as versões regionais da mostra. A edição desse ano conta com mais de 9.000 m² de área construída e 60 ambientes, adequada aos novos tempos e com um elenco que combina profissionais consagrados e talentos que estão despontando na área. A mostra paulistana traz uma reflexão sobre o “novo jeito de morar”, uma tendência marcante durante a pandemia, com a importância de resgatar as raízes culturais, familiares, e suas origens, uma autêntica contemplação entre o design primitivo e o contemporâneo. “Neste último ano reaprendemos a olhar para a nossa casa, que ganhou ainda mais importância em seu papel de acolhimento, porto seguro, e também de espaço multifuncional. Esperamos que essa nossa instalação sensorial, criada com maestria pela visão de um arquiteto referência em projetos inovadores e que vive em dois mundos, com escritórios no Brasil e na China, possa inspirar os visitantes a transformarem seus ambientes por meio da cor, tornarem suas paredes protagonistas”, comenta Priscila Perez, especialista de Colour Design da AkzoNobel na América do Sul. “O mais interessante no ambiente é que cada pessoa poderá ver as cores de uma forma diferente, de acordo com a iluminação do dia e horário da visita”, completa. Além de resgatar os aspectos da humanidade e conectividade, o arquiteto e a Coral irão agregar, de maneira sustentável e solidária, o reaproveitamento de todos os itens do espaço, que serão redesenhados e ganharão novas funcionalidades, como brinquedos que serão doados para a Escola Estadual Nair Olegário Cajueiro, no Jardim Boa Esperança, Distrito Jardim Ângela, na Zona Sul de São Paulo. Fotos: https://we.tl/t-owok0rKL18 Matheus Lima – “Sans Tache”: estreia com ambiente dramático e intimista. Discutir a obsessão por uma vida perfeita e sem problemas é a proposta do designer de interiores Matheus Lima, em sua estreia na CASACOR São Paulo. A inspiração veio de uma série de obras do artista Gabriel Wickbold e, o espaço de 39m² ganhou o nome de Sans Tache, expressão francesa para ‘Sem Manchas’. A sala íntima tem como um dos pontos altos, uma obra de Wickbold em uma de suas paredes principais, uma crítica a vontade de apagar as cicatrizes adquiridas ao longo da vida. Dramaticidade e impacto foram as palavras de ordem para nortear o trabalho do designer, que abusou de pontos de luz para equilibrar o clima dentro do ambiente. As luzes neon são uma alusão a conexão sempre existente com as saídas apresentadas pela vida para que inspiram a resolver questões difíceis e que deixam marcas ao longo da existência humana. “Há um certo desconforto no ar do ambiente que propus, uma maneira que encontrei de dizer que mesmo com cicatrizes vale a pena viver. Há sempre uma saída e um caminho”, explica o designer. As linhas curvas trazem uma sensação intimista com a presença de uma marcenaria protagonista. As paredes são feitas de um ripado de madeira Trancoso da Duratex e foi o grande desafio na execução do projeto. “Queria trazer uma sensação nova iorquina com a presença de muita madeira e da grande lareira. É um espaço incrível para curtir no outono e no inverno”, conta Lima. Pisos, estantes e paredes também são envolvidos por itens de uma marcenaria impecável. O mobiliário escolhido apresenta design clean e cheio de personalidade. Um dos principais destaques é o sofá em um tom de rosa bem suave, além de ser a maior peça da sala, ele confere leveza ao ambiente, ideal para contrapor toda a atmosfera “dark” e masculina do espaço. Para complementar a imponente poltrona Wing e a mesa Mush, ambas do designer Jader Almeida dão um ar mais leve e ultra contemporâneo. Um dos destaques é uma escultura desenhada pelo próprio Matheus Lima, um balde com tinta escorrendo todo pintado de dourado, feito a partir de uma impressão 3D, com banho de latão. A peça é impactante e representa um transbordar de vida e felicidade em sua essência. A escultura funciona como uma luminária de chão. A iluminação usada é cênica. Há uma tela tensionada para garantir uma melhor luminosidade ao espaço. Para despressurizar, há ainda um espaço verde, uma varanda toda forrada com green wall. Fotos: https://we.tl/t-3J6CSxP6JT Sabrina Gnipper – “Banheiro Toré”: faz sua estreia na mostra assinando o espaço “Banheiro Toré” com um conceito ousado, criativo e acolhedor de 14m², localizado no 6º andar da CASACOR São Paulo, voltado para a proposta de resgatar as origens familiares, as ancestralidades, através de tendências e experiências que surgiram trazendo novas reflexões sobre o morar contemporâneo. “Com o passar do tempo, o ser humano foi se desconectando de suas raízes, vivendo em um ritmo cada vez mais acelerado, de forma cada vez mais egoísta, desrespeitando a natureza e a si mesmo. Agora, o Homem está doente e a Mãe Terra pede socorro” é com essa reflexão que a profissional define o projeto. O espaço precisava ser prático e muito bem aproveitado nos 14m², atendendo todas as necessidades de uso e na escolha de materiais adequados para ajudar na sensação de amplitude. A arquiteta elegeu elementos que fazem referência à ancestralidade e à cultura brasileira, artefatos indígenas e artesanato regional, transitando em perfeita harmonia, além de valorizar a beleza da natureza original do nosso país. Um visual muito bem caracterizado criado de maneira sutil, complementados com os desenhos da artista e arquiteta Maria Emília Rostaiser, as fotografias fine art do artista Melo Bastos e os demais objetos decorativos dando um toque final ao ambiente. Os espelhos orgânicos dentro de troncos de árvore da artista Rosana Ciotta simbolizam a conexão com a natureza e o olhar para dentro de si. Dentro das cabines sanitárias, quadros com paisagens brasileiras representam janelas que conferem uma imersão à natureza, como um escapismo sensível necessário para promover bem-estar. Um dos quadros traz a imagem de uma GAMELEIRA ou FIGUEIRA, dizem que testemunharam toda a história da humanidade e muitas religiões a respeitam como centro de conexão com os deuses. Pedras egípcias irregulares revestindo as paredes representam arquiteturas primitivas feitas em pedra, o modo de morar mais antigo da humanidade, além da beleza do que é imperfeito e atemporal, como aborda a filosofia japonesa “wabi-sabi“. As luminárias de diversos modelos em fibras naturais e plantas pendentes em cúpulas de madeira africana fazem uma alusão à diversidade. Já a fachada e as portas das cabines sanitárias são revestidas em sisal, cordas confeccionadas a partir de uma planta típica de regiões semiáridas, que, por ser muito resistente, representa força, além de ser um elemento muito presente no artesanato brasileiro; há também um banco no formato de um tamanduá confeccionado por índios do Xingu: escultura feita a partir de um único tronco de árvore, às vezes com grafismos. A sonorização do ambiente com sons da natureza e músicas relaxantes, representam a necessidade de equilíbrio. Para fechar o projeto e a estreia com chave de ouro, todos os elementos em madeira do espaço são certificados ou de árvores caídas, além dos objetos decorativos serem artesanais, o que representa meios de produção mais sustentáveis. Fotógrafo Felipe Cerchiari – Com lançamento inédito na CASACOR 2021, o fotógrafo Felipe Cerchiari e a artista plástica Manuela Wakswaser apresentam seu mais novo projeto: “Entre Olhares”. A obra estará exposta no ambiente Å LEVE, do arquiteto Gustavo Martins, que traz uma imersão a Arquitetura Escandinava, estilo que busca a contraposta à escuridão do inverno por meio de tons claros e texturas suaves que oferecem aconchego. A casa Å LEVE traz em seu nome o conceito primordial do projeto, que traduzido do Norueguês significa: CASA VIVER. Inspirado pela criação do Gustavo, os artistas escolheram a dedo a obra para esse espaço. O Projeto “Entre Olhares” é uma narrativa sobre a diferença produzida pelo olhar, cuja principal característica está em revelar escolhas feitas por dois universos: o da Fotografia e o da Colagem. Afinal a acomodação das diferenças é a origem do viver. Outras obras do Cerchiari estarão expostas nos espaços das arquitetas Elaine Vilela e da Très Arquitetura, de sua série “Caminhos das Águas”, que retrata os Lençóis Maranhenses. “É impressionante como nosso humor se transforma quando habitamos em um lar aconchegante. Trazer parte da natureza pra dentro de nossas casas através das obras tem sido minha maior linha de trabalho“, pontua Cerchiari.
SERVIÇO: CASACOR SP Parque Mirante Rua Padre Antônio Tomás, 72, anexo ao Allianz Parque Informações para imprensa: MD assessoria & relacionamento Bruna Rodrigues – bruna@mdassessoriacom.com.br (11) 95423-0864 Andrezza Ribeiro – andrezza@mdassessoriacom.com.br (11) 99589-5132 Taís Lopes – tais@mdassessoriacom.com.br (11) 99141-5654 Daniela Guapo – dani@mdassessoriacom.com.br (11) 99711-2911 Márcia Dadamos – marcia@mdassessoriacom.com.br

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Ajude o Portal Mice Online a continuar produzindo matérias com informações de valor.

faça agora mesmo a sua doação

Leia o QrCode ou Clique no botão abaixo.

Open chat
Olá! Em que posso ajudar?