(41) 99975.3919
(44) 3031 . 1560
contato@miceonline.com.br
ícone Instagram
 
Impacto econômico dos feriados prolongados no Brasil

Impacto econômico dos feriados prolongados no Brasil

11.10.2019

De acordo com o Conselho Mundial de Viagens e Turismo, o setor de turismo e viagens é um dos principais em todo o mundo, sendo responsável por 10,4% de todo a geração de renda global.

Os setores que mais lucram são os serviços de lazer, turismo, câmbio, transportes, hospedagem e alimentação. De acordo com o International Society of Hospitality Consultants, o setor hoteleiro atualmente conta com aproximadamente 10 mil hotéis, com uma projeção de crescimento de 13% até 2022. É importante salientar que diversas regiões e municípios no Brasil dependem do turismo, com estruturas e negócios que se desenvolvem para receberem os turistas tanto em feriados prolongados como períodos de férias, seja no verão ou no inverno.

 

Crescimento de 2% para o ano de 2020

 

Hoje o mercado financeiro e o governo esperam crescimento econômico na ordem de 2,5%, tanto para 2019 como para 2020. O comércio em geral tende a ser mais resiliente em períodos de crise, acompanhando o crescimento econômico. Esperamos que esses números se afirmam e que o Brasil possa aumentar a capacidade de crescimento nos próximos anos.

Apesar de não ser uma recuperação consolidada, existe o início de retomada em vários setores. O destaque vai para o otimismo dos empresários e consumidores nos últimos meses.

Entretanto, há muitas incertezas, que passam pela ainda frágil economia brasileira, as instabilidades financeiras e turbulências comerciais internacionais e a ampla agenda de reformas que iniciou a ser proposta pelo novo governo. Apesar desses fatores, as perspectivas de crescimento tendem a elevar a geração de renda e os gastos dos consumidores em 2019. Em suma, espera-se que o comércio e serviços, inclusive o turismo, tenham um ano muito melhor do que os anteriores.


MAIS NOTÍCIAS

Nossos Parceiros

LPT4
DEV2
Desenvolvido por Dev2 - Comunicação Integrada